Medida Cheque-formação

Medida Cheque-formação

4 Fevereiro, 2016

A Incurso coloca-se ao seu dispor para elaborar a sua candidatura à Medida Cheque-formação, livre de custos.

São beneficiários da formação apoiada pelo Cheque-Formação:

a) Ativos empregados, com idade superior ou igual a 16 anos, independentemente do seu nível de qualificação, cujas candidaturas podem ser apresentadas pelos próprios ou pelas respetivas entidades empregadoras;

b) Desempregados inscritos no IEFP, I.P. há, pelo menos, 90 dias consecutivos, com idade igual ou superior a 16 anos, detentores do nível 3 a 6 de qualificaçãoA formação a apoiar deve corresponder ao definido no Plano Pessoal de Qualificação (PPQ), obtido na sequência de um processo de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) profissional.

A formação profissional a desenvolver deve ser ministrada por uma Entidade Formadora Certificada pela Direção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho, ou entidades que, pela sua natureza jurídica e âmbito de atuação, usualmente não carecem de requerer a certificação como entidade formadora, caso contemplem nos diplomas de criação ou autorização de funcionamento, o desenvolvimento de atividades formativas.

Os apoios financeiros a atribuir no âmbito do Cheque-Formação, consoante o beneficiário da formação observa o seguinte:

Ativos empregados

O apoio a atribuir, por trabalhador, considera:

  • a duração máxima de 50 horas de formação, no período de dois anos;
  • um valor/hora de € 4, num montante máximo que poderá atingir os € 175, sendo que o apoio a atribuir não pode exceder 90% do valor total da ação de formação, comprovadamente pago.

Desempregados

Os desempregados que frequentem percursos de formação com uma duração máxima de 150 horas de formação, no período de dois anos, têm direito a um apoio financeiro correspondente ao valor total da ação de formação, comprovadamente pago, até ao montante máximo de € 500. Pode acrescer ao apoio acima mencionado, e em conformidade com o estabelecido na Portaria n.º 60-A/2015, de 2 de marçoa bolsa de formação, o subsídio de refeição e as despesas de transporte, desde que não atribuídos pela entidade formadora.

PLANO DE FORMAÇÃO

 

INQUÉRITO DE OPINIÃO

Qual o horário de sua preferência?
Laboral - 17.92%
Pós-Laboral - 70.75%
Misto - 11.32%
Área(s) de educação e formação de preferência?
142 - Ciências da educação - 5.6%
213 - Audiovisuais e produção dos media - 6.19%
311 - Psicologia - 5.31%
341 - Comércio - 2.36%
342 - Marketing e publicidade - 4.42%
343 - Finanças, banca e seguros - 3.83%
344 - Contabilidade e fiscalidade - 7.96%
346 - Secretariado e trabalho administrativo - 14.75%
481 - Ciências informáticas - 5.9%
521 - Metalurgia e metalomecânica - 8.55%
582 - Construção civil e engenharia civil - 5.31%
621 - Produção agrícola e animal - 2.65%
761 - Serviços de apoio a crianças e jovens - 5.01%
762 - Trabalho social e orientação - 2.06%
811 - Hotelaria e restauração - 6.19%
840 - Serviços de transporte - 2.36%
862 - Segurança e higiene no trabalho - 11.5%

Certificações/Homologações:


 

 

     
    
 
 
 
 

SUBSCRIÇÃO DE NEWSLETTER

Deseja receber informação regular sobre as nossas ações e eventos?

 

CONTACTOS

Morada:  Largo Bernardo Valentim Moreira de Sá,Nº.80 - r/c esq, 
4810-452 Guimarães
 

 Telefone:  253 780 190

 Telemóvel:  936 436 486

 E-mail:  geral@incurso.pt

Copyright © 2015 Incurso. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: Thesign