Perturbações de Humor

Formador/a: A definir

Sob Consulta

Perturbações de Humor

Pedir informações »

Pedir informações »

PED/HUMOR

Description

As perturbações do humor mais frequentes na infância e adolescência são a depressão e distimia e têm características muito semelhantes às apresentadas na idade adulta. As crianças/ jovens sentem-se tristes, não têm interesse pelas actividades que antes gostavam, estão pessimistas em relação ao futuro e podem pensar que não vale a pena viver. Os professores são figuras de primeira linha na identificação das mudanças que se operam nestes alunos e é fundamental dotá-los de ferramentas de intervenção nestes quadros.

Objetivos Gerais
Promover a saúde mental de crianças e adolescentes através da formação de professores e outros profissionais de educação.
Desenvolvimento da literacia na área da saúde mental, concretamente nas perturbações de humor e possibilitar um eficaz encaminhamento com maior eficácia em situações complexas.
Programa
1. Perturbações do Humor
2. Manifestações das perturbações (sinais e sintomas)
3. Orientações práticas para intervenção e avaliação em contexto escolar
4. Análise e discussão de casos
Destinatários/as
Professores e Educadores de Infância.
Pré-Requisitos
Este curso não apresenta pré-requisitos
Formador/a
A definir
Coordenador Pedagógico
Mariza Moreira
Metodologias de Formação
Todas as ações de formação abrangem métodos e técnicas de formação diversificadas, adequadas pelos formadores às características dos formandos, aos conteúdos a abordar e ao momento formativo. Recorremos sempre a metodologias adequadas aos adultos. Nesse sentido, a formação é desenvolvida com uma componente essencialmente prática, tendo em conta os interesses e as motivações do formando, de modo a permitir-lhe aperfeiçoar os seus saberes e capacidades, rentabilizando-as em todas as esferas da sua vida. Por estes motivos, privilegiamos a utilização de metodologias não-diretivas, nomeadamente, de métodos ativos, uma vez que estes facilitam a responsabilidade a autonomia do formando na construção dos saberes, envolvendo-o na pesquisa, análise, reflexão e resolução de situações-problema.
Certificação
O Certificado Profissional da INCURSO é emitido no fim da formação através do Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa (SIGO), na área criada especificamente para o registo das ações de formação não inseridas no Catálogo Nacional de Qualificações, ao abrigo do n.º 6 do artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 396/2007, de 31 de Dezembro e Portaria n.º 474/2010, de 8 de Julho, ficando associado ao Passaporte Qualifica - Registo Individual de Competências do formando.
- No final do curso os formandos que obtiverem registarem assiduidade mínima de 80% e aproveitamento têm direito a um Certificado de Formação Profissional conforme legislação em vigor.
- Os formandos sem assuidade mínima e/ ou aproveitamento recebem uma Declaração de Frequência de Formação Profissional, na qual onde constará carga horária e módulos da formação.
Mais informação