Gestão da Formação e Novo Regime da Formação Profissional

Formador/a: Filipa Matias Magalhães

150.00

12 de maio 2023 13 de dezembro 2023
Limpar
PED/GFNRFP

Description

A formação profissional é hoje entendida como um investimento no capital humano das organizações, com o objetivo de incrementar os níveis de eficiência, eficácia e qualidade. O novo regime traz alterações ao modelo anterior, o que impõe o seu domínio e conhecimento por parte de quem tem responsabilidades nestas matérias.

Objetivos Gerais
O curso visa consolidar um conjunto de competências tendo em vista a eficácia da gestão de processos formativos. Os formandos ficarão aptos a planear, conceber, executar, gerir e avaliar programas e ações de formação desenvolvidos com base num sustentado estudo de diagnóstico e análise de necessidades.
Programa

1. O novo regime da formação profissional: definições essenciais
2. Enquadramento legal da formação profissional: o Decreto-Lei n.º 86-A/2016
3. de 29 de dezembro e a Lei do Trabalho em Funções Públicas e o Despacho n.º 2786/2022, de 4 de março
4. A formação como elemento de qualificação e motivação dos trabalhadores
5. Princípios fundamentais
6. Deveres do empregador público na identificação e promoção da formação
7. Direitos e deveres dos trabalhadores no acesso e frequência da formação e consequências da sua inexistência
8. A possibilidade de autoformação: condições, período e direitos
Destinatários/as
Gestores e Técnicos de Formação e de Recursos Humanos, Formadores e outros profissionais que trabalham na área da Formação, Formadores/Consultores que desenvolvem ou venham a desenvolver a sua atividade profissional no âmbito da Gestão, coordenação, acompanhamento e avaliação da formação, Outros profissionais que desejem desenvolver competências nestes domínios.
Pré-Requisitos
Este curso não apresenta pré-requisitos
Formador/a
Filipa Matias Magalhães
Coordenador Pedagógico
Mariza Moreira
Metodologias de Formação
Todas as ações de formação abrangem métodos e técnicas de formação diversificadas, adequadas pelos formadores às características dos formandos, aos conteúdos a abordar e ao momento formativo.
Recorremos sempre a metodologias adequadas aos adultos. Nesse sentido, a formação é desenvolvida com uma componente essencialmente prática, tendo em conta os interesses e as motivações do formando, de modo a permitir-lhe aperfeiçoar os seus saberes e capacidades, rentabilizando-as em todas as esferas da sua vida.
Por estes motivos, privilegiamos a utilização de metodologias não-diretivas, nomeadamente, de métodos ativos, uma vez que estes facilitam a responsabilidade a autonomia do formando na construção dos saberes, envolvendo-o na pesquisa, análise, reflexão e resolução de situações-problema.
Métodos de Avaliação
Todas as ações de formação abrangem métodos e técnicas de formação diversificadas, adequadas pelos formadores às características dos formandos, aos conteúdos a abordar e ao momento formativo. Recorremos sempre a metodologias adequadas aos adultos. Nesse sentido, a formação é desenvolvida com uma componente essencialmente prática, tendo em conta os interesses e as motivações do formando, de modo a permitir-lhe aperfeiçoar os seus saberes e capacidades, rentabilizando-as em todas as esferas da sua vida. Por estes motivos, privilegiamos a utilização de metodologias não-diretivas, nomeadamente, de métodos ativos, uma vez que estes facilitam a responsabilidade a autonomia do formando na construção dos saberes, envolvendo-o na pesquisa, análise, reflexão e resolução de situações-problema.
Certificação
O Certificado Profissional da INCURSO é emitido no fim da formação através do Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa (SIGO), na área criada especificamente para o registo das ações de formação não inseridas no Catálogo Nacional de Qualificações, ao abrigo do n.º 6 do artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 396/2007, de 31 de Dezembro e Portaria n.º 474/2010, de 8 de Julho, ficando associado ao Passaporte Qualifica - Registo Individual de Competências do formando.

- No final do curso os formandos que obtiverem aproveitamento têm direito a um Certificado de Formação Profissional conforme legislação em vigor.
- Os formandos sem aproveitamento recebem uma Declaração de Frequência de Formação Profissional, na qual onde constará carga horária e módulos da formação.
Requisitos de Frequência
Requisitos de Frequência para a Formação Online: Cada formando deverá estar munido de um computador com ligação estável à internet. Para o bom funcionamento da sessão e interação entre formador e formando, deverão estar assegurados: webcam, microfone e colunas ou auscultadores (recomendável). É desejável que os formandos tenham conhecimentos de sistema operativo windows na ótica de utilizador. Recomenda-se que seja feito acesso prévio à plataforma para testar os sistemas e a acessibilidade.
Mais informação